InfoParts
MEU CARRINHO
Vazio
R$ 0
Carregando...
PROMOÇÃO DA SEMANA
Monitor 18.5" Led Aoc Hd Widescreen Ultra High Dcr E970swnl Preto
Por:R$ 329,87 à vista ou 10x de R$ 37,49 no cartão


Comprar
SSD

SSD

O SSD (solid-state drive) é uma nova tecnologia de armazenamento considerada a evolução do disco rígido (HD). Ele não possui partes móveis e é construído em torno de um circuito integrado semicondutor, o qual é responsável pelo armazenamento, diferentemente dos sistemas magnéticos (como os HDs). 

A tecnologia de armazenamento SSD é a mais rápida entre as que podem ser desligadas e manter suas informações gravadas. Os HDs comuns têm a limitação mecânica de quantas rotações por minuto podem realizar sem esquentar demais, já os SSDs são discos de estado sólido que gravam os dados por meio de energia elétrica puramente, e não possuem partes móveis, o que faz com que os mesmos sejam muito mais seguros mesmo ao sofrerem quedas bruscas. A rapidez com que os SSDs gravam e leem informações é bastante superior quando comparada aos HDs comumente encontrados no mercado atual. SSDs fazem seu computador iniciar a velocidades inacreditáveis e também grava informações de maneira muito mais eficiente. As taxas de transferência, segurança e versatilidade são seus principais pontos positivos.

Leia mais

SSD

52 itens

TIPOS DE HD SSD

Hoje em dia, a conexão mais popular para os SSDs é a SATA. Criada em 2003, ela foi se tornando mais popular com o passar dos anos, até que em 2008 conquistou 99% do mercado de desktops. Nesse meio tempo, a SATA foi se tornando progressivamente mais rápida. No começo, ela oferecia velocidades de 150 MB/s. Hoje, ela chega a 600 MB/s. Só que os SSDs já existem há um bom tempo, e eles já atingiram o limite da conexão SATA 3 (a mais recente) para transferência de dados. O que fez eles serem fabricados com conexões mais velozes.


SSD SATA

Hoje em dia, a conexão mais popular para os SSDs é a SATA. Criada em 2003, ela foi se tornando mais popular com o passar dos anos, até que em 2008 conquistou 99% do mercado de desktops. Nesse meio tempo, a SATA foi se tornando progressivamente mais rápida. No começo, ela oferecia velocidades de 150 MB/s. Hoje, ela chega a 600 MB/s. Só que os SSDs já existem há um bom tempo, e eles já atingiram o limite da conexão SATA 3 (a mais recente) para transferência de dados. O que fez eles serem fabricados com conexões mais velozes.


SSD M2 (M 2 SSD)

O padrão M.2 foi desenvolvido pelos institutos PCI-SIG e SATA-IO com o nome original de Next Generation Form Factor (NGFF). Ele chegou em 2013 e é um formato de placa de expansão compacta, que pode ser usado para todo tipo de aplicação, incluindo: Wi-Fi, Bluetooth, GPS, NFC, rádio digital, WiGig e WWAN. Seu uso mais comum, porém, é para unidades de armazenamento de estado sólido, os SSDs.



 

 

 

 

 



QUAL A DIFERENÇA DE HD PARA SSD?

O HD (hard disk, em português disco rígido) é uma parte física e integrante dos computadores e notebooks responsável pelo armazenamento de dados. ... O SSD é um pouco diferente. Sua sigla significa solid-state drive, em português unidade de estado sólido.


No SSD, por ser um tipo de memória flash (a mesma usada em pendrives), tem acesso quase instantâneo a qualquer parte do chip, não importando muito se o arquivo está fragmentado ou não, bem diferente do hd mecânico convencional, onde a velocidade de transferência é a soma do tempo em que o cabeçote demora pra alcançar a parte do disco, onde o arquivo está armazenado, mais o tempo que esse arquivo demora para ser copiado para a memória, e por ser um equipamento mecânico, temos ainda um agravante: caso o arquivo esteja fragmentado em várias partes do disco, o tempo total para acessá-lo aumenta ainda mais.


Como estamos acostumados a utilizar discos rígidos, não prestamos atenção nesse tempo de latência, mas ela é um dos grandes responsáveis pela demora na inicialização do Windows e na abertura de programas.


PEQUENA ANÁLISE DE VELOCIDADES:

*IDE : (obsoleto) 133MBPS
*Sata : 150mbps
*Sata II : 300mbps
*Sata III : 600mbps



VANTAGENS:

Velocidade – O HD SSD alcança velocidades entre 200MB/s à 500MB/s, que garantem mais velocidade para iniciar um sistema operacional ou abrir programas e arquivos em comparação ao HD convencional;


Não faz barulho – Como o seu funcionamento não envolve nada mecânico, apenas o acesso as memórias Flash, não é possível escutar nenhum som vindo dele;


Mais resistente – Por não possuir discos móveis como o HD, o SSD dificilmente sofrerá algum dano ou perda por conta de ser movimentado. Além disto, ele não sofre possíveis perdas ou corrupção de arquivos por interferências magnéticas;


• Baixo consumo de energia – O SSD chega a gastar duas vezes menos energia que um HD convencional.



DESVANTAGENS:

Preço caro – Mesmo sendo vendido com espaços de armazenamento menor do que um HD convencional, o SSD ainda sai mais caro, mas o preço está baixando gradativamente devido ao aumento do consumo.


Vida útil menor – Apesar de eles serem mais resistentes fisicamente, cada gravação feita no SSD gasta a sua cédula tirando um pouco de sua capacidade de segurar cargas elétricas;


Pouco espaço de armazenamento – A maioria dos SSDs vendidos são SSD 120GB/ SSD 240GB / SSD 480GB /SSD 500GB à 1TB SSD de espaço. Apesar de já existirem opções com alguns terabytes de espaço, o seu preço tende a ser inacessível para muitas pessoas.


• Devo trocar o meu HD por um SSD, caso seja notebook.


Se você busca desempenho na inicialização do sistema e programas, Sim! Com todas as vantagens que um SSD oferece, se você tiver a possibilidade de fazer o investimento em um deles, o seu computador poderá lhe oferecer uma performance bem superior à atual. Ao instalar o Windows em um deles, por exemplo, você conseguirá iniciar o sistema em questão de segundos. Ainda assim, você deve manter um HD convencional apenas para fazer o armazenamento de arquivos ou programas que sejam menos importantes, a fim de prolongar a vida útil do SSD, recomenda-se utilizar um SSD 240 GB assim não ficar com pouco espaço para instalação do sistema e todos os programas que você possa utilizar, mas você irá usar o computador apenas para acesso à internet e não tem costume de fazer downloads o HD SSD 120GB já serve.

SSD: PREÇO E QUALIDADE, QUAIS AS MELHORES MARCAS?

Hoje existe uma infinidade de marcas de memória ssd no mercado, mas que mais se destacam são as de ssd kingston, ssd Samsung, ssd sandisk, ssd intel, então na hora da compra é bom escolher marcas mais conceituadas e com bom histórico de qualidade em seus produtos, os tamanhos mais vendidos dessas marcas são os HD SSD 120GB e HD SSD 240GB.

HD HIBRIDO

Há ainda o formato de discos híbridos, que consistem em unidades de armazenamento que possuem uma parte SSD, geralmente apenas 8GB e o restante funciona como um disco rígido comum, como por exemplo HD 500GB SSD Hibrido. Sua vantagem é aliar a velocidade de um SSD com a grande capacidade de armazenamento dos HDs convencionais.


Como o leitor deve ter imaginado, 8GB não é o suficiente para a instalação de um sistema operacional como Windows 7 ou 8. Ambos, facilmente ultrapassam 10GB depois de instalados. Então o que um disco híbrido faz? Através de um sistema de cache, ele armazena automaticamente no SSD os blocos mais utilizados, como os arquivos de inicialização do sistema e programas mais utilizados. Isso livra o usuário de perder tempo com escolhas e otimiza a velocidade de transferência, que pode chegar a 600 Mbps.


Discos Híbridos são a solução ideal para substituir de um antigo HD, pois sua principal vantagem é aliar o melhor de ambas as tecnologias, estado sólido e disco magnético, mantendo uma faixa de preço mediana: um disco híbrido com 1TB de HD e 8GB SSD costuma sair por volta de R$ 500 reais. Tal preço não chega a ser absurdo, já que a velocidade de carregamento do computador ou notebook irá aumentar perceptivelmente.